Categorias: Buscar:
Detalhes do Produto


ASSENTAMENTOS DE REFORMA AGRÁRIA NO BRASIL, OS
Autor: SCHMIDT, BENÍCIO VIERO
Editora: EDU - UNB

Ficha Técnica

ISBN: 852300517X
Origem: Nacional
Ano Edição: 1998
Edição: 0
Formato: 17x25
Nº Paginas: 306
Idioma: PORTUGUES
Peso: 0,45

Sinopse

Em um país onde a reforma agrária tem sido objeto de disputas maniqueístas e simplificadoras, o elemento mais ausente é uma base de dados segura e confiável. Um exemplo disto está no conflito entre os dados do Censo Agropecuário do IBGE (1985) e os diversos cadastramentos fundiários feitos pelo INCRA. Bases precárias de informações sistemáticas não possibilitam cálculos exatos de variáveis centrais à questão, como é o caso das estratégicas dimensões do processo de reforma agrária no Brasil: a real extensão das terras improdutivas, o número efetivo de trabalhadores sem-terra, o caráter regional do desenvolvimento capitalista-empresarial contrastando com a natureza latifundiária da propriedade e posse de terras. A reforma agrária tem sido uma cruel dimensão dos impasses brasileiros. Sobre ela pairam dúvidas essenciais, oriundas de argumentos que repousam em precárias fontes de informação básica ou ligados a propostas de modelos divergentes. As polêmicas são necessárias, como aqui ilustram alguns artigos que discordam pesadamente da orientação dos diretores do Censo e organizadores deste livro. As propostas alternativas devem ser incentivadas e debatidas, desde que fundadas em referências empíricas comprovadas. Este livro busca esclarecer a questão com o levantamento de dados fundamentais para a avaliação e proposição de políticas de reforma agrária no Brasil. Com isto a Universidade oferece uma honesta e competente contribuição ao País e aos atores diretamente interessados em melhorar as condições de vida de nossos agricultores, com ou sem terra. A experiência deste trabalho deve orgulhar a Universidade Brasileira, pois foi integralmente planejada e executada por seus docentes e estudantes, dentro dos estritos prazos estabelecidos. Desde Brasília, no DATAUnB, foi implantada a coordenação nacional dos trabalhos. A articulação dos reitores e do Ministro Raul Jungmann foi essencial para a garantia e segurança dos trabalhos. O projeto serve como base a uma verdadeira auditoria independente da política governamental, não tendo sofrido qualquer interferência ou pressão por parte dos mandatários atuais. Ao Ministro Jungmann, aos Reitores e ao diretores e técnicos do INCRA devemos reconhecimento e gratidão pela confiança e pelos recursos oferecidos.
Partner © 2010 Todos os direitos reservados
Formas de Pagamento