Categorias: Buscar:
Detalhes do Produto


FENOMENOLOGIA COMO GRAMÁTICA
Autor: GALVEZ, JESÚS PADILLA
Editora: EDU - UNB

Ficha Técnica

ISBN: 9788523012946
Origem: Nacional
Ano Edição: 2011
Edição: 1
Formato: 2,00 x 15,50 x 22,50
Nº Paginas: 289
Idioma: PORTUGUES
Peso: 0,49

Sinopse

Este volume reune artigos lidos no congresso realizado na Universidade fr Castela-La Mancha de Toledo (Espanha), emsetembro de 2007, sobre o tema de fenomenologia. Este livro é voltado paraos pensamentos de Wittgenstein sobre a fenomenologia. Um de seus objetivos é considerar e examinar a importância duradoura da fenomenologia para discussões filosóficas.Para Husserl, a fenomenologia era uma disciplina que buscou descrever como o mundo é constituido e sentido por meio de uma série de atos conscientes. Seu conceito fundamental era o de consciência intencional. O que realmente arrastou Wittgenstein para trabalhar com a fenomenologia? Em seu trabalho, durante seu "período intermediário", Wittgenstein utilizou o título "Fenomenologia e Gramática". Esses pilares podem ser sinalizados por noções como linguagem, gramática, regra, espaço visual versus espaço Euclidiano, "minima visibilia" e cores. O principal interesse de Wittgenstein toma a fomra de umapesquisa sobre linguagem.
Partner © 2010 Todos os direitos reservados
Formas de Pagamento